CABO SAT 73 -3278-2039


UTI DOS CELULARES

UTI DOS CELULARES
99999-2107

A VOZ DA PARÓQUIA 14ª Edição

WENCESLAU GUIMARÃES: MUITA EMOÇÃO NO CORTEJO DE IAGO ENZO










A tristeza invadiu a cidade de Wenceslau Guimarães, por conta do velório do adolescente Iago Enzo que aconteceu na igreja Assembleia de Deus. Durante toda a noite,amigos, parentes apareciam para dar o último adeus há um garoto que teve sua vida ceifada de maneira trágica, Iago foi atropelado na terça-feira à noite por um irresponsável quê segundo a população,  tem o prenome de vila, que o mesmo  estava embriagado e dirigiria em alta velocidade. O atropelador até o momento não foi encontrado, tanto a polícia civil com a polícia militar estão procurando, mas, até o momento não encontrou.
 E hoje pela manhã em baixo de muita comoção, pessoas saíram para acompanhar o cortejo, a cidade parou e pessoas com uma tristeza no coração e com faixas pedindo Justiça. A Escolinha de futebol futuro craque onde Iago treinava compareceu  vestido com seus uniformes e em  todo tempo gritava o nome de Iago.
Esperamos que este crime não fica impune e  que a população venha perceber os resultados  da Polícia Civil e da Polícia Militar.

Que Deus conforte o coração de seus familiares, conforte o corações dos seus amigos que certamente vão sentir muita saudade.

Bahia terá 265 prefeitos na mobilização nacional; evento reunirá gestores em Brasília

Bahia terá 265 prefeitos na mobilização nacional; evento reunirá gestores em Brasília
Foto: Reprodução / Informe Baiano
Com 265 gestores confirmados para Mobilização Nacional dos Prefeitos, a Bahia terá grande representatividade no movimento que ocorrerá na quarta-feira (22) em Brasília. De acordo com a União dos Municípios da Bahia (UPB), o evento foi motivado pela crise financeira que interfere diretamente no funcionamento dos serviços públicos das cidades brasileiras. Até o momento, estão confirmados mais de 1 mil gestores que almejam que o Planalto conceda, por meio de Medida Provisória, o Apoio Financeiro aos Municípios (AFM), de forma emergencial, no valor de R$ 4 bilhões. Caso o recurso seja liberado R$ 373,8 milhões seriam encaminhados aos municípios baianos.  “Esperamos uma resposta positiva do Governo Federal. Hoje estamos enfrentando dificuldades de pagar a folha de pessoal, fornecedores e sem condições de fazer investimentos no município. Precisamos honrar nossos compromissos e os atrasos nos repasses têm impacto direto em nossa gestão”, avaliou o prefeito de Santana e 1º tesoureiro da UPB, Marco Aurélio dos Santos Cardoso. A expectativa do movimento é que no dia 22 ocorra a discussão dos vetos presidenciais, em sessão conjunta do Congresso Nacional, e que seja derrubado o veto ao Encontro de Contas (30/2017).  Para a UPB, o Encontro de Contas permite que os Municípios conheçam o verdadeiro e exato valor de suas dívidas previdenciárias, permitindo uma subtração entre débitos e créditos dos Municípios com a União, resultando no real valor da dívida e no exato montante das parcelas que devem ser descontadas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) com o intuito de quitá-la. “É uma iniciativa valiosa em função do momento. A gente precisa se sobressair. Se ficarmos quietos vai parecer que está tudo normal e as coisas só mudam com pressão. Não queremos culpar nenhum governo porque é um acumulo de gestões que não priorizaram os municípios. Demos um belo exemplo em nossa manifestação estadual e agora, unidos mais uma vez, vamos buscar uma reação do governo para os nossos problemas", falou o prefeito de Caculé, José Roberto Neves.

Quarteto invade mineradora e rouba três toneladas de dinamite em São Paulo

Quarteto invade mineradora e rouba três toneladas de dinamite em São Paulo
Quatro homens armados roubaram mais de três toneladas de dinamite de uma mineradora em Salto de Pirapora, São Paulo. Os criminosos teriam chegado com um caminhão e rendido seguranças e funcionários, que foram amarrados. De acordo com o G1, a polícia informou que foram levadas 124 caixas de dinamite e três caixas com pavio. A carga estava em um caminhão da empresa e foi transferida para o veículo usado pelo quarteto. A ação durou aproximadamente 30 minutos. Até agora nenhum dos ladrões foi identificado.

WhatsApp deve eliminar botão de gravação de áudio e atualizar função


Diversos usuários do WhatsApp reclamam da funcionalidade que possibilita o envio de mensagens de áudio. O fato de terem de segurar o botão durante todo o período de gravação muitas vezes irrita, até porque, não raro, o dedo escorrega e o processo é interrompido.
Iniciada em 2013 e sem nenhuma atualização desde então, a função deve passar por mudanças. Segundo o site WABetaInfo, o WhatsApp testa uma nova possibilidade, a partir da qual os usuários, para iniciarem a gravação, passariam a não mais terem de pressionar um botão, mas apenas apertá-lo uma vez. Ao término da gravação, bastaria apertar o botão uma segunda vez.
A expectativa é que a funcionalidade entre em atividade nos próximos meses.

Fonte: NOTÍCIAS AO MINUTO

BAIXO SUL: Saiba quanto o seu município recebeu neste mês de OUTUBRO. Fique de olho e denuncie!

Imagem relacionada
Em pesquisa feita pela Redação do Amarelinho10 no site do Banco do Brasil foi constatado o valor que cada município da Região Baixo Sul da Bahia recebeu neste mês de OUTUBRO de 2017

CONFIRA OS VALORES:

Valença........................................R$ 9.540.464,85
Cairú............................................R$ 5.932.664,48 
Camamu.......................................R$ 4.768.071,57 
Ituberá........................................R$ 3.816.934,72
Wenceslau Guimarães....................R$ 3.792.523,41
Pres. Tanc. Neves..........................R$ 3.733.263,90
Gandu..........................................R$ 3.526.349,83 
Jaguaripe.....................................R$ 3.571.901,50
Taperoá.......................................R$ 3.018.300,61
Teolândia......................................R$ 2.721.838,90 
Igrapiúna.....................................R$ 2.731.398,62
Nilo Peçanha.................................R$ 2.524.241,53
Piraí do Norte...............................R$ 1.485.706,80
Itamari........................................R$ 1.454.941,27
Aratuípe......................................R$ 1.267.903,13
Consulta no site do Banco do Brasil

Apuarema: Ex-prefeita tem contas rejeitadas pelo TCM e terá que devolver mais de R$ 200 mil



O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quinta-feira (16/11), rejeitou as contas das prefeituras de Acajutiba, Apuarema, Ibicaraí, Igrapiúna, João Dourado, Pintadas e Wanderley, todas relativas ao exercício de 2016. As principais irregularidades apuradas foram o descumprimento do artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal – ausência de recursos em caixa para pagamento dos “restos a pagar” – e extrapolação do índice para gastos com pessoal. Os gestores foram multados, e alguns terão que ressarcir valores aos cofres municipais em razão da má aplicação dos recursos públicos. No município de Apuarema, além do descumprimento do artigo 42 da LRF, que gerou um saldo negativo de R$526.680,51 nas contas públicas, também foi identificada a aplicação de recursos abaixo do percentual exigido na área da educação, alcançando apenas 23,58%, quando o mínimo exigido é de 25%. A despesa com pessoal extrapolou o limite máximo de 54%, alcançando 61,35% da receita corrente líquida do município. Foi determinada a formulação de representação ao MPBa contra a ex-prefeita Jozilene Barreto Ribeiro, pelo descumprimento do artigo 42 da LRF, e o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$234.048,20, com recursos pessoais, em razão de processos de pagamentos não encaminhados (R$53.557,02), não apresentação de notas fiscais (R$155.198,10) e pela ausência de comprovação de pagamento (R$25.293,08). Também foram imputadas duas multas. Uma de R$10 mil e outra no valor correspondente a 30% dos seus subsídios, por não ter promovido a redução da despesa com pessoal. Cabe recurso das decisões.

Homem procurado por agredir enteada de 1 ano e causar fraturas no corpo do bebê no DF é preso na Bahia



Procurado por agredir a enteada de apenas um ano e três meses, na cidade satélite de Brazlândia, do Distrito Federal, Robson Wesley Souza dos Santos, de 22 anos, foi preso na cidade de Santa Rita de Cássia, oeste da Bahia, para onde fugiu após cometer o crime e ser denunciado à polícia pela companheira. Ao localizar o suspeito em Santa Rita de Cássia, a delegacia de Brazlândia entrou em contato com a DT da cidade baiana e uma equipe daquela unidade foi acionada para cumprir o mandado de prisão. O mandado de prisão preventiva contra ele foi cumprido, na terça-feira (14). Por conta das agressões feitas pelo padastro, a criança foi internada com fraturas pelo corpo, no Hospital de Base de Brasília, onde aguarda para fazer uma cirurgia. Ele foi encaminhado para a carceragem da 11ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), em Barreiras, onde aguardará ser transferido para Brazlândia. (G1)

Começa a segunda etapa de pagamento do PIS-Pasep a idosos


     
Foto: Reprodução

Os aposentados com valores nas contas do PIS-Pasep na Caixa e no Banco do Brasil (BB) podem sacar a partir de hoje (17). É a segunda etapa do calendário de pagamento, divulgado em setembro por esses bancos.
Na última terça-feira (14),  417 mil aposentados, correntistas do BB e da Caixa, foram beneficiados com o crédito em conta, representando pagamentos no valor de R$ 446 milhões.
Os pagamentos começaram em outubro. Na primeira fase, homens e mulheres com mais de 70 anos foram beneficiados. Para aqueles que ainda não sacaram, não há data limite para retirar o dinheiro, os recursos continuarão no fundo à disposição dos correntistas.
Até quarta-feira (15), R$ 764 milhões já haviam sido pagos, beneficiando 693 mil pessoas.
Mais de R$ 9 bilhões, pertencentes a cotistas com mais de 70 anos – ou seus herdeiros, em caso de falecimento – continuam à disposição. Os bancos lembram que se a pessoa não puder comparecer à agência, por motivo de saúde por exemplo, o saque poderá ser feito por procuração.
Os cotistas do Pis-Pasep que têm contas na Caixa e no Banco do Brasil, mas que não receberam o crédito automático, devem procurar as agências para atualizar os cadastros. A falta do CPF, por exemplo, impede o depósito automático. Regularizando os dados cadastrais, o saque pode ser feito.
Tem direito às cotas o trabalhador cadastrado no Fundo entre 1971 e 04/10/88, que ainda não tenha sacado o saldo total da conta individual de participação. A MP 797/2017 alterou a idade para saques. Passaram a ter direito não apenas os trabalhadores com idade superior a 70 anos, mas também os aposentados e as mulheres com 62 anos ou mais e homens a partir de 65 anos.
Maiores informações podem ser obtidas nos sites da Caixa e do Banco do Brasil ou pelos telefones 0800 726 0207 (Caixa/Pis), 0800 729 0001 e 4004-0001 (BB/Pasep)

PIB da Bahia caiu 3,4% e ficou em R$ 245 bilhões

Foto: Reprodução

Por Matheus Fortes
No ano de 2015, o Produto Interno Bruto (PIB) da Bahia foi de R$ 245,02 bilhões. Com esse resultado, a economia baiana mostrou recuo de 3,4% entre 2014 e 2015, a 11ª queda mais intensa entre os 27 estados e a maior retração da série histórica disponível (desde 2002). Antes disso, o PIB da Bahia só havia caído 0,3% em 2009.
Os dados foram publicados nesta quinta-feira (16), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Do montante, R$ 215,97 bilhões equivalem a valor adicionado bruto (renda líquida gerada pelas atividades econômicas) e R$ 29,05 bilhões são referentes aos impostos, líquidos de subsídios, sobre produtos.
No mesmo ano, o instituto registrou ainda recuos tanto no PIB nacional (-3,5%) quanto em todos os 27 estados. Foi a primeira vez que isso ocorreu desde 2002, quando se iniciou a série das Contas Regionais. O PIB de Mato Grosso do Sul teve o melhor desempenho entre os estados em 2015 (-0,3%), enquanto Amapá registrou a queda mais acentuada (-5,5%).
Na Bahia, em 2015, dentre os grandes setores produtivos, os desempenhos foram negativos tanto na indústria (-7,9%) quanto nos serviços (-3,0%). A queda só não foi pior porque a agropecuária cresceu 9,9% de um ano para o outro. Em 2015, o PIB per capita baiano ficou em R$ 16.115,89 – o 7º mais baixo dentre os 27 estados com aumento nominal de 3,7% em relação a 2014.
Apesar do desempenho negativo da economia baiana em 2015, o estado tem um crescimento médio anual de 3,0%, bem próximo do nacional (2,9%), ainda que um pouco abaixo da média para o Nordeste (3,3%), ao se avaliar o período completo de 2002 a 2015.
Setor de serviços foi o único a perder participação no PIB baiano entre 2014 e 2015
O desempenho da agropecuária baiana, com valor adicionado de R$ 17,84 bilhões em 2015 e crescimento de 9,9% em relação a 2014, foi impulsionado, especialmente, pela agricultura (inclusive atividades de apoio à agricultura e pós-colheita), que cresceu 14,9% no período, destacou o IBGE.
O destaque positivo ficou, sobretudo, com o cultivo de soja. A pecuária (inclusive atividades de apoio à pecuária), por sua vez, apresentou queda de 2,6% entre 2014 e 2015. Com o bom desempenho, a atividade aumentou sua participação no PIB baiano, de 7,9% em 2014 para 8,3% em 2015.
Paralelamente, o setor industrial da Bahia gerou um valor adicionado de R$ 47,77 bilhões, caindo 7,9% em volume frente a 2014, com desempenhos negativos nas indústrias de transformação (-6,7%), extrativas (-10,3%) e na construção (-11,3%). As atividades de eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação foram as únicas a terem variação positiva (+1,5%).
Na Bahia, os serviços, tiveram valor de R$ 150,36 bilhões em 2015 e queda de 3,0% em relação a 2014. O setor sofreu forte influência da atividade de comércio, manutenção e reparação de veículos automotores e motocicletas, que recuaram 9,4%.
Assim, em 2015, além da agropecuária, a indústria também ganhou participação no PIB baiano (+ 1,1 ponto percentual), enquanto o setor de serviços, ainda que continue sendo o mais representativo, perdeu participação, de 71,1% para 69,6% entre 2014 e 2015

Teixeira de Freitas: Escritório regional do Primeiro Emprego é inaugurado no SAC

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Quem está se formando nos cursos técnicos e mora no extremo-sul da Bahia agora conta com o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) para ingressar no Programa Primeiro Emprego, do Governo do Estado. Um escritório regional da Fundação Luís Eduardo Magalhães, instituição que faz o contrato com os jovens profissionais, foi inaugurada pelo governador Rui Costa na agência do SAC em Teixeira de Freitas.
Rui disse que a expectativa é que quatro mil jovens estejam contratados nos órgãos do Estado até o dia 31 de dezembro. "Eu criei o Programa Primeiro Emprego e aprovei a lei que não deixa brecha para que a escolha seja de indicação do governador nem de ninguém. Os jovens são escolhidos para serem encaminhados para as empresas ou para os órgãos do Estado pela média de nota que eles alcançaram nos três anos do segundo grau".
A presidente da Fundação Luís Eduardo Magalhães, Maria Quitéria Mendes, afirma que a ação tem o objetivo de interiorizar as oportunidades. "Para estar próximo desses jovens, seja com questões de documentação, de assinar carteira, na contratação ou no monitoramento destes profissionais, nós fizemos essa parceria e estamos instalando postos nas agências do SAC da Bahia".
Segundo ela, o posto de Teixeira de Freitas é o segundo a ser instalado. "O primeiro foi inaugurado em Juazeiro, os próximos serão em Irecê e Senhor do Bonfim. Vamos inaugurar também em Feira de Santana. Assim os jovens não precisam mais mandar documentos pelos Correios para Salvador, por exemplo".
Quitéria informa que para procurar o programa é preciso que os jovens tenham concluído o curso técnico e não tenham completado ainda um ano de carteira assinada na sua profissão. "Os alunos são convocados através do ranking das notas que eles alcançam. A gente tem uma perspectiva de contratar até 4.000 jovens atualmente 1,6 mil já estão contratados".
Ítalo Leandro dos Santos dos Reis assinou a carteira na unidade. "Esse novo posto facilita nossa vida. Os documentos, por exemplo, a gente teria que mandar por Sedex para Salvador e agora a gente tem um posto do SAC aqui em Teixeira de Freitas, onde podemos fazer a entrega e obter uma resposta mais rápida".

Penas de até 300 anos ameaçam Sérgio Cabral

Doze meses na detenção, 72 anos de prisão em três sentenças e a possibilidade de, no mínimo, condenações a três séculos de cadeia em 13 denúncias já ajuizadas. Assim o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) completa nesta sexta-feira (17), seu primeiro ano preso, enquanto se defende de acusações de crimes por corrupção, lavagem de dinheiro, pertencimento a organização criminosa e evasão de divisas.
Ultimamente, sua defesa tem se concentrado em apresentá-lo como vítima de um juiz “parcial” (o titular da 7.ª Vara Federal Criminal do Rio, Marcelo Bretas) e de “histeria coletiva” em torno de seu nome. Bretas não quis comentar as acusações.
O peemedebista conquistou, em sua reeleição, em 2010, a maior votação já recebida por um candidato ao governo do Estado em primeiro turno – 66% dos votos válidos). Chegou a ser aventado como possível vice na chapa com Dilma Rousseff em 2014. Hoje, ostenta outros “títulos”. Foi o primeiro governador condenado na Lava Jato, por exemplo. Também recebeu a sentença mais pesada da operação, 45 anos e dois meses de cadeia, em processo relativo a propinas em obras como a do Maracanã e o PAC das Favelas. No Brasil, um preso fica na cadeia por até 30 anos.
O caso Cabral tornou-se ruidoso não só pelas cifras que envolveu. O esquema que, segundo o Ministério Público Federal, começou em janeiro de 2007, primeiro mês do primeiro mandato, teria movimentado cerca de R$ 1 bilhão. Também chocou pela exibição da riqueza adquirida de forma escusa, simbolizada pela casa em Mangaratiba, no litoral sul fluminense, avaliada em R$ 8 milhões, e que deve ser leiloada, além das viagens ao exterior. É a “corrupção ostentação”, apontam seus acusadores.
Joias
Filho da classe média carioca, o político que começou a carreira opondo-se a práticas velhas da política, virou colecionador de ternos da grife italiana Ermenegildo Zegna, feitos à mão, sob medida e com o nome do dono bordado na parte de dentro do bolso. Também acumulou joias das mais caras lojas do Rio, compradas para presentear a mulher, Adriana Ancelmo (hoje em prisão domiciliar), e para lavar dinheiro sujo.
Entre 2012 e 2016, segundo as investigações, Cabral gastou R$ 6 milhões com anéis, pulseiras, brincos e colares em apenas uma joalheria. Tudo pago em dinheiro e sem nota. “Ele demonstrou uma voracidade muito grande, incomum. Esses valores que descortinamos podem até existir em outras investigações, mas nós conseguimos provar”, disse o procurador Leonardo Freitas, da força-tarefa da Lava Jato no Rio. “O que torna sua organização ímpar é a dimensão que ela teve: praticamente todo o aparato do Estado.”
Até na Cadeia Pública José Frederico Marques, reformada para recebê-lo, o ex-governador estaria mantendo o “status”. Teria um “mordomo” para limpar e organizar a cela que divide com cinco pessoas e teria tentado comprar uma sala com home theater para ver filmes. A instalação da cinemateca na prisão, no entanto, foi frustrada pela Secretaria de Administração Penitenciária e o caso passou a ser investigado.
De dia, Cabral e os demais presos convivem na galeria, de 800 metros quadrados, e frequentam a biblioteca. “Os servidores escalados para esta galeria têm perfil mais discreto e o respeitam, mas tentam tratá-lo como um preso qualquer. Só que quem tem dinheiro tem sempre alguém para servi-lo, no presídio ou em qualquer lugar”, afirmou um agente penitenciário.

Pesquise no Blog

 
Designed by Diogo.Designer