Homens armados explodiram Banco do Brasil em Presidente Tancredo Neves, nesta madrugada.

Av8ZaLtDz0hH2m8LMOx2GHZg2tuixMe3LbV80lx72d4Q
01 de Agosto chegou sob muita chuva para cidade, o que torna-se muito bom para a agricultura. Mas, Agosto também chegou trazendo más notícias. Na madrugada deste sábado as estatísticas de crime contra instituições financeiras na Bahia ganhou mais um acréscimo.
Homens chegaram na cidade de Presidente Tancredo Neves e explodiram a única Agencia do BB na cidade. Segundo informações repassadas pela PM,  um corola branco, (sem dados de Identificação) foi visto na ação. Os criminosos ainda tomaram uma AMAROK de cor prata OLE 3325 licença de Presidente Tancredo Neves, que estava passando polo local no momento da ação criminosa, ressaltando que o veiculo não foi levado em fuga, serviu apenas para bloquear a passagem de outro veículos.
Dá última vez que esta mesma Agência sofreu um ataque passou aproximadamente 6 meses em reforma.Amzp1c9NcAUTQJibdIh-CFBAZaBjScw8Q8FjhzvdmqPm
A polícia Militar esteve no local, mas como estes não têm recebido investimentos para combater ou prevenir este tipo de crime através do Estado da Bahia, é impossível evitar uma fuga, uma ataque deste potencial, agora o gerente da instituição aguarda a chegada da perícia técnica.
Aj5qDQXZKRz8twSebUEG1Fpht6PC5aPfkIrH84gFLjOf
PTN NEWS

Compartilhar senha do wi-fi gentileza ou prejuízo? É negócio de risco

650x375_gisele-truzzi_1545917
Com a indisponibilidade para instalação de redes de banda larga fixa em algumas regiões de Salvador, muitas pessoas têm recorrido ao uso do wi-fi do vizinho, mediante o pagamento mensal de R$ 40 ou R$ 50. Isso corresponde a menos de um quarto do preço de alguns pacotes (internet, TV a cabo e telefone). Uma alternativa tentadora, mas que tem seus inconvenientes.
Ninguém vai ser preso por usar a senha de quem mora ao lado. A advogada Gisele Truzzi, sócia da Truzzi Advogados e especialista em direito digital, explica que o fato de uma pessoa utilizar o serviço de internet do vizinho, mediante pagamento parcial da mensalidade, não caracteriza crime, pois não há furto de sinal. Afinal de contas, houve uma autorização por parte dele.
Mas o vizinho, sim, pode ter problemas. “Essa conduta poderá caracterizar infração contratual, em relação ao vizinho detentor do sinal e à operadora, caso o contrato de prestação de serviços possua cláusula vetando esse procedimento”, explica a advogada. Ela compara a situação a um caso de sublocação imobiliária e recomenda a análise atenta do contrato.
Além da questão legal, o compartilhamento de senhas pode trazer, em casos extremos, situações desagradáveis para ambas as partes. Quando o sinal da internet cai, é preciso bater na porta do vizinho para que ele acione a operadora. Mas e se a pane for durante a madrugada, em meio a um trabalho urgente?
Por outro lado, quem garante ao contratador do sinal que o seu vizinho não pratica crimes virtuais que podem atrair a polícia à sua porta por meio do rastreamento do IP?
Solução provisória
Para algumas pessoas, o “aluguel de senha” é uma solução provisória para quem não pode ficar sem internet e simplesmente não tem como conseguir um contrato com uma operadora ainda que queira. Moradora do mesmo prédio, no Rio Vermelho, há 17 anos, a aposentada Iara Albuquerque pretende ter uma rede de banda larga, mas ouviu de seus condôminos que o prédio não tem infraestrutura para receber a rede. “Por enquanto, estou me virando com a internet do celular. Mas pretendo levar a situação à assembleia do condomínio”, afirma Iara.
Na mesma rua, uma vizinha que não quis se identificar recorreu ao pagamento pela senha porque não podia ficar sem internet. “As operadoras falam que não há janelas disponíveis para essa região”, afirma a moça.
Em nota emitida pela assessoria de imprensa, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) admitiu que as operadoras têm o poder de decidir em que regiões o serviço vai ser oferecido. “O serviço de banda larga fixa, denominado na regulamentação como Serviço de Comunicação Multimídia (SCM), opera em regime privado. Desta forma, as localidades de prestação são definidas pelas operadoras em regime de mercado”, afirma a entidade, que, na mesma nota, declara não poder haver discriminação na oferta de serviços a clientes de uma mesma região geográfica.
“O artigo 38 da Resolução Anatel nº 614/2013 estabelece que “o serviço deve ser prestado em condições não discriminatórias a todos os assinantes localizados na área de prestação”, diz a Anatel.
“Se o condômino não consegue ter acesso à internet, mas seu vizinho sim, ele deverá questionar à operadora o motivo pelo qual o serviço está indisponível para sua residência, se demais vizinhos conseguem usufruir dos mesmos serviços”, afirma a advogada Gisele Truzzi.
Ela afirma que, tendo em vista que se trata da mesma localidade (prédio, condomínio ou região), o serviço deverá estar disponível a todos os usuários situados neste perímetro.
A coordenadora acadêmica dos cursos de TI da Faculdade Ruy Barbosa, Ângela Reis, recomenda a quem vai se mudar e pretende levar a rede para o novo endereço que faça uma consulta prévia à operadora quanto à possibilidade técnica de transferência para o novo endereço. “Caso tenha, basta solicitar o serviço de transferência que geralmente é feito entre três dias a uma semana. Caso não tenha disponibilidade, é preciso ver os termos contratuais. Algumas operadoras concorrentes fazem a portabilidade”, afirma a professora.
Para quem vai começar uma relação com a operadora, a professora Ângela considera que uma alternativa interessante é fazer o contrato por meio do próprio condomínio e fazer o rateio entre os moradores.
“É uma forma inteligente e atual para atender às demandas de moradores de condomínios residenciais”, afirma a professora, ressaltando que, nesse caso, os valores pagos são menores, mas que é preciso avaliar a quantidade de moradores e a infraestrutura necessária.

Transporte faltar combustível em Itamari, e alunos são obrigados a seguirem a pé.

Ônibus escolar falta combustível
Um grupo de alunos da zona rural do município de Itamari, no sul da Bahia, teve que completar o percurso até o colégio à pé. Isso porque, o ônibus escolar que faz o transporte todos os dias, acabou ficando sem combustível, o que obrigou os alunos seguirem andando ao destino. O veículo ficou parado por alguns minutos no centro da cidade e só voltou a funcionar depois que um funcionário da prefeitura local levou um galão com combustível. No município quem responde pela Sec. de Educação é a esposa do prefeito Valter Andrade. (Diário Paralelo)

Obrigado a todos pelas orações e compreensão

Quero agradecer a todos que oraram por mim, aos amigos que contribuíram financeiramente falando, pela demonstração de carinho pelas redes sociais.
E peço desculpas pelos dias em que o meu blog o WG NA MIRA esteve sem postagens atualizadas pois ainda me recupero mas graças a Deus o pior já passou. Continuem orando, valeu galera um abraço, estou voltando me aguardem R.Silva
 — se sentindo agradecido em Jequié - Bahia - Cidade Sol.

Prefeitura e comerciantes participam de Seminário de Inovação Tecnológica em Salvador



Com participação política e empresarial, o município de Wenceslau Guimarães esteve presente no Seminário Estadual de Inovação e Tecnologia que aconteceu na sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), em Salvador nesta terça-feira (28/7).
O seminário é uma iniciativa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) em parceria com Associação Comercial dos Municípios.
Representando nossa cidade, o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Joilson Costa, acompanhou o Seminário com o objetivo de aprimorar a prática empreendedora e apresentar novas ferramentas do mercado tecnológico em Wenceslau.
Também estiveram presentes empresários e comerciantes dos municípios de Piraí do Norte, Santo Antonio de Jesus, Valença e Presidente Tancredo Neves. No espaço, os participantes se preparam para o mercado através do conceito e pratica do ser um empreendedor e das ferramentas de inovação tecnológica existentes no mercado.
Para isso, foi apresentado a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB) como ferramenta de inovação na prática empreendedora.

Mediando os espaços, o Seminário contou com a participação do Superintende da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI) Thomas Buck e o Superintendente da FAPESB Alzir Antônio Mah.

Avós se emocionam com homenagens dos netos em comemoração no CRAS

O dia dos avós não passou em branco no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS). Na tarde desta quarta-feira (29/7) 30 vovôs e vovós participaram de uma comemoração ao seu dia com diversas apresentações dos netos e presentes. 
Com objetivo de criar um espaço de confraternização e alegria a equipe do CRAS felicitou todos os avós por simbolizar o cuidado e afeto para com a família. 
Os avós fazem parte do grupo "Melhor Idade tem Vez e Voz", do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) em Wenceslau Guimarães. 
Através de diversas dinâmicas e em clima de muito amor e carinho, muitas homenagens foram realizadas, emocionando a todos.


 




Dilma diz a governadores que o povo está sofrendo e que muita coisa precisa melhorar


•Dilma propõe a governadores parceria para enfrentar problemas e superar crise
Dilma propõe a governadores parceria para enfrentar problemas e superar crise
O Brasil passou a exigir muito dos governos e dos serviços públicos, “nosso povo está sofrendo”, e “muita coisa tem que melhorar”, disse nesta quinta-feira (30/7), a presidenta Dilma Roussef aos governadores reunidos com ela no Palácio da Alvorada, acrescentando que “nenhum governante pode se acomodar”. “Esse Brasil passou a exigir muito dos governos, das empresas, dos hospitais, das escolas, da política, da justiça e de si mesmo. Nesse novo Brasil nenhum governante pode se acomodar. Muita coisa sabemos que precisa melhorar, principalmente porque sabemos que nosso povo está sofrendo, e quando sabemos isso, muita coisa tem que melhorar”, afirmou a presidenta. Dilma ainda enfatizou que diferenças políticas não podem se sobrepor aos interesses do país, e que a cooperação entre os governos é uma obrigação constitucional.  “Nós devemos cooperar cada vez mais, independentemente de nossas afinidades políticas. A cooperação federativa é uma exigência constitucional, é uma exigência da forma como nós organizamos o Estado e a sociedade brasileira. Nós também devemos respeitar a democracia, e devemos somar forças e trabalhar para melhor atender a população”, acrescentou a presidenta.
Presente ao encontro governador Rui Costa discute com a presidente Dilma agenda de sua visita à Bahia (foto reprodução)
Presente ao encontro governador Rui Costa discute com a presidente Dilma agenda de sua próxima visita à Bahia (foto reprodução)
O encontro foi organizado também para que Dilma pudesse ouvir as demandas dos governadores. Ao terminar o seu discurso inicial, ela anunciou que alguns ministros fariam exposições sobre assuntos como a segurança pública e matérias de impacto financeiro no Congresso Nacional, mas disse que a palavra seria passada em seguida aos chefes dos Executivos estaduais. Participam do encontro em Brasília os governadores e uma vice-governadora de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal. Além de Dilma e do vice-presidente Michel Temer, pelo menos dez ministros do governo estão presentes. Pela primeira vez em seu segundo mandato, Dilma se reúne com os governadores de todas as regiões do país. Com exceção do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), que será representado pela vice, Rose Modesto, os demais chefes dos Executivos estaduais e do Distrito Federal estão presentes no encontro.

“Não tem mágica a fazer em Segurança Pública”, afirma o Secretário Maurício Barbosa


Secretário Maurício Barbosa, desembarcou de helicóptero no quartel do 19º BPM na manhã desta sexta, 31
Secretário Maurício Barbosa, desembarcou de helicóptero no quartel do 19º BPM de Jequié  na manhã desta sexta, 31
O Secretário de Segurança Pública do Estado, Maurício Barbosa, desembarcou na manhã desta sexta-feira (31/7), em Jequié, acompanhando pela cúpula diretivas das polícias Militar e Civil da Bahia, para participar de etapa do projeto “Pacto Pela Vida”, organizada pela Câmara Setorial de Segurança Pública, da Regional Integrada de Segurança Pública Sul, com comandantes de unidades da Polícia Militar e delegados da Polícia Civil, das regiões Sudoeste, Sul e Extremo-Sul da Bahia. Logo em seu desembarque, o secretário Maurício Barbosa, falou à reportagem da rádio 93 FM e blogJequié Repórter, tendo revelado que em termos de segurança pública “não tem mágica a fazer”. Segundo ele, o problema do avanço da criminalidade está ocorrendo em nível nacional e os estados e municípios sofrem muito com a ausência de uma fiscalização mais rigorosa em nossas fronteiras. “Infelizmente a droga acaba entrando da maneira que entrou em todos os municípios do Brasil, em especial o crack, que coloco como uma questão de saúde pública”, afirmou. Barbosa destacou também que a Bahia dentro de suas possibilidades vem melhorando a infraestrutura, ampliando o número de viaturas, de equipamentos de proteção individual, melhorando a inteligência e a investigação, contratando novos profissionais, como está fazendo no momento, formando uma turma de quase 1600 policiais militares e mais 750 na Polícia Civil. “Gostaríamos que fosse o dobro, o triplo, para que pudéssemos ter uma velocidade maior no enfrentamento da criminalidade que está aí, mesmo assim, estamos nos esforçando o máximo para colocar uma melhor condição de trabalho no enfrentamento da violência”, disse o secretário Maurício Barbosa.
Comandantes regionais da PM, coordenadores e delegados de Polícia participam da reunião em Jequie
Comandantes regionais da PM, coordenadores e delegados de Polícia participam da reunião em Jequié
De acordo com o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, está acontecendo em Jequié uma reunião técnica de avaliação, onde será feita uma análise sobre todos os municípios das regiões envolvidas, para levantar o que está acontecendo nesse ano e as providências a serem adotadas para melhorar a situação reduzindo ainda mais os índices de violência e criminalidade, até o final do ano. Maurício Barbosa comentou que o setor de segurança tem limitações que fazem parte da administração pública, como todos os demais setores, exemplificando saúde e educação mas, segundo ele no que diz respeito à segurança, o governo tem adotado uma postura firme com relação ao governo federal em busca de trazer mais recursos para o estado. “O governador Rui Costa tem dado prioridade à segurança pública. Não sei de outra pasta que tenha feito um chamamento de tão expressivo número de profissionais, cerca de 2300 como estamos fazendo até o final do ano”. Indagado pelo Repórter Tatu, sobre os ataques às agências bancárias no interior, Maurício Barbosa, disse ser essa uma das prioridades da SSP, diminuir essas ocorrências, “apesar das explosões de caixas eletrônicas, ser hoje um problema em nível nacional”. Ele disse que a polícia baiana tem atacado muito as organizações criminosas com o Departamento de Crime Organizado que foi criado e o BOPE (Batalhão de Operações Especiais), sendo sua previsão que dentro de pouco tempo várias quadrilhas que atuam nos ataques a agências bancárias serão desmanteladas.

Ilhéus: Reintegração de posse faz pipocar protestos contra prefeito


Ilhéus: Reintegração de posse faz pipocar protestos contra prefeito
Foto: Valesca Lippel / TV Santa Cruz
O prefeito de Ilhéus, no sul do estado, Jabes Ribeiro (PP) disse que as manifestações que ocorreram na cidade nesta semana têm a ver com a reintegração de posse de um condomínio do Minha Casa Minha.  As 272 unidades habitacionais ficam localizadas no bairro Teotônio Vilela. De acordo com a Coluna Tempo Presente do A Tarde, os moradores que ocupara as casas no ano passado se recusaram a sair. Jabes alegou que as obras, que não foram concluídas, precisam continuar. Segundo Ribeiro, só faltam 20% das obras para o condomìnio ficar pronto. Na cidade, as críticas à gestão de Jabes aumentaram nesta semana. Segundo o site Ilhéus 24 horas, além do bairro Teotônio Vilela, os protestos também ocorreram no Alto do Amparo, Alto do Coqueiro e Malhado.
Protesto na Orla de Ilhéus/Foto: Laís Dantas / TV Santa Cruz

Petrobras recebe mais R$ 69 milhões desviados em esquema de propina


Petrobras recebe mais R$ 69 milhões desviados em esquema de propina
Foto: José Cruz/Agência Brasil
A Petrobras recebeu nesta sexta-feira (31) mais R$ 69 milhões decorrentes do esquema de propina descoberto pela Operação Lava Jato. A devolução ocorreu na sede da estatal, no centro do Rio, em uma cerimônia com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e do presidente da Petrobras, Aldemir Bendine. Os recursos devolvidos equivalem a 80% de um total dos US$ 29 milhões (R$ 86,9 milhões) repatriados pelo Ministério Público Federal (MPF) da Suíça e que foram devolvidos pelo ex-gerente da estatal Pedro Barusco, em decorrência de acordo de delação premiada no âmbito das investigações em andamento. Segundo a Agência Brasil, os outros 20% referentes ao total repatriado ficarão à disposição da Polícia Federal para possíveis indenizações que vierem a surgir após a ação condenatória. Os recursos repatriados dizem respeito a propinas recebidas por Barusco, de 1999 a 2012, decorrentes de contratos com a empresa holandesa SBM, fornecedora de navios-plataforma. O presidente da Petrobras informou que durante a cerimônia foi assinado outro contrato para a devolução de mais recursos repatriados no âmbito da Lava Jato, mas não soube dizer o valor total. "[Os números] ainda estão sendo finalizados e são várias as ações ainda em fase de consolidação”, explicou Aldemir Bendine.“O que esses criminosos fizeram além de barbaramente saquear os recursos da empresa foi retirar da sociedade brasileira o seu orgulho. Com esse sinal, a gente pretende reverter esse quadro e permitir que possamos de novo ter o orgulho, recupera nosso orgulho”, completou Rodrigo Janot.

Pesquise no Blog

Carregando...
 
Designed by Diogo.Designer